Alicia Keys transformou seu novo clipe Superwoman em uma ode à mulher moderna que se desdobra para superar obstáculos de ordem pessoal, profissional ou econômica.

A cantora encarnou uma executiva, uma astronauta, uma estudante, uma universitária para mostrar as dificuldades que elas passam para alcançarem sucesso e progredir a sua vida pessoal. Como artifício narrrativo, ela recorreu à imagem de Cleópatra para rerpresentar o que uma mulher pode fazer ao atingir o sucesso. Também encarnou uma mulher africana que sofre com a seca e com as dificuldades econômicas e mesmo assim mantém um brilho na expressão.

Além de uma homenagem às mães contemporâneas, Superwoman pode, por extensão, representar o sucesso que a própria cantora atingiu enfrentando preconceitos de raça e de gênero.

Superwoman faz uma bela homenagem às lutadoras do dia-a-dia, muitas vezes anônimas e imperceptíveis à grande maioria das pessoas. O clipe foi correto em assumir um tom neutro em sua homenagem para evitar ser piegas ou melodramático.

.

Comentários