Curto e intenso. Andrew In Drag mos­tra duas pes­soas se trans­for­mando em outras — com maqui­a­gem e figu­rino — e vol­tando à sua apa­rên­cia comum. O refrão diz “the only girl i ever loved was Andrew in drag” e mos­tra um pouco do peso da música.