Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Shiko lança nova HQ, a erótica Talvez Seja Mentira

TalvezSejaMentira

O quadrinista paraibano Shiko mostra que é um dos autores nacionais mais prolíficos. Depois das ótimas Piteco – Ingá e O Azul Indiferente do Céu, ele lança agora em setembro Talvez Seja Mentira, onde explora o gênero erótico.

Inspirado nas HQs eróticas baratas vendidas clandestinamente nos anos 1960 e 70, os chamados “catecismos”, Shiko pensou em um formato diferente para a obra. Medindo 10x15cm, a HQ será dobrada em formato “sanfona”, com duas capas duras nos extremos. Ao ser esticada medirá um metro de largura. O projeto gráfico é de Izaac Brito.

Cada lado vai trazer uma HQ diferente, sendo uma das metades mais erótica que a outra. Os roteiros foram feitos em parceria com Bruno R., irmão do autor, que é jornalista. A trama mostra um homem que descobre que sua ex-namorada o traía e documentava as experiências sexuais em forma de ilustrações.

A HQ, que vem em uma caixa personalizada, custa R$ 25 e está em pré-venda pela Comic House.

Começa a Gibicon, Convenção Internacional de Quadrinhos em Curitiba

gibicon

Começa nesta quinta (4) o Gibicon – Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba, um dos mais importantes eventos de quadrinhos do Brasil. Será no MuMA – Museu Municipal de Arte – Portão Cultural (Avenida República Argentina, 3430, Curitiba/PR).

Entre os convidados estão o inglês David Lloyd, os argentinos Eduardo Risso e Salvador Sanz, além do coreano Kin Jung Gi, entre outros. Este ano o festival estreia o prêmio Claudio Seto de Quadrinhos.

A programação pode ser acessada no site do evento. Já a Itiban publicou a longa lista de lançamentos que estão sendo esperados por lá.

Morte – Edição Definitiva e outros tesouros para fãs de Sandman este mês

MORTE-EDICAO-DEFINITIVA

Sandman é uma das HQs mais importantes dos quadrinhos, é sabido. Mas poucas obras derivadas de um clássico tiveram tantos fãs quanto Morte, a irmã mais velha do protagonista Sonho/Lorde Morpheus. Jovem, pálida, gótica e carismática como uma estrela de rock, ela protagonizou duas minisséries e algumas HQs esparsas Agora, a Panini reúne todas em um volume de luxo neste mês.

Morte – Edição Definitiva reúne pela primeira vez no Brasil todas as histórias estreladas pela personagem, incluindo “O Som de Suas Asas” (a primeira aparição, na série regular de Sandman) e “Fachada”; as minisséries O Alto Preço da Vida e O Grande Momento da Vida; e as histórias “Um Conto de Inverno” (Vertigo Winter’s Edge 2), “A Roda”, “Morte e Veneza” (Noites Sem Fim) e A Morte Fala da Vida, uma HQ educativa sobre sexo seguro.

Além de roteiros de Neil Gaiman, a edição tem artes de Chris Bachalo, Mark Buckingham, Mike Dringenberg, P. Craig Russell, Dave McKean e muitos outros. Como extras, a edição traz o roteiro de Sandman 8; uma galeria de pin-ups e diversas informações sobre colecionáveis da Morte. O livro tem capa dura, 360 páginas e um preço também no nível luxo: R$ 92.

Yoshitaka Amano

Falando em Sandman, a Panini prepara uma enxurrada de lançamentos com o personagem para os próximos meses. Neste mês chega ainda Sandman Apresenta: Os Caçadores de Sonhos, com a versão feita pelo artista japonês Yoshitaka Amano. Gaiman adaptou uma lenda famosa do Japão.

Na história, uma raposa se apaixona por um humilde monge e é a única criatura que pode ajudá-lo quando descobre que um bando de demônios pretende tomar a vida de seu amado. Com a ajuda de Morfeus, a raposa terá de usar de toda a sua astúcia e criatividade para manter o mal longe do homem que ama. Gaiman escreveu a história em formato de prosa a pedido do artista, que a ilustrou.

A Panini já tinha lançado uma adaptação da obra em quadrinhos e agora lança a edição original. A editora ainda coloca nas livrarias este mês as reimpressões dos Vol. 1 e 2 de Sandman: Edição Definitiva, que traz a história recolorida e em tamanho maior.

SANDMAN-OS-CACADORES-DE-SONHOS

Marvel pede desculpas por capa polêmica da HQ da Mulher-Aranha

Manara_SpiderWoman-comiX

A Marvel pediu desculpas publicamente pela capa polêmica da Mulher-Aranha desenhada pelo italiano Milo Manara. A pose erótica irritou feministas e diversos leitores que levantaram questões sobre a objetificação da mulher nas HQs.

“Queremos que todo mundo – a maior parcela possível de leitores – se sinta confortável para ler Spider-Woman. Nós pedimos descupas – eu peço desculpas – pelas mensagens confusas que esta capa transmitiu”, disse o editor-chefe, Axel Alonso, em comunicado ao Comic Book Resources.

Alonso disse ainda que a capa não reflete o tom da história e foi feita apenas para colecionadores, com uma tiragem limitada. O próprio Manara tentou se explicar mostrando o desenho por um outro ângulo. Não ajudou. Usuários no Reddit também renderizaram a pose em 3D para mostrar que ela é humanamente impossível.

Spiderwoman_3022869b

Spiderwomancrop_3022870c

A capa de Spider-Woman #1, série inédita no Brasil, teve uma capa alternativa desenhada por Manara, que é conhecido por quadrinhos eróticos aclamados pela crítica, como O Clic e O Perfume do Invisível. Mesmo com todas essas referências, a Marvel não foi perdoada e recebeu diversas acusações de sexismo. Os defensores dizem que a editora está indo na direção correta do mundo atual ao dar mais títulos para personagens femininas. Além da Mulher-Aranha, Tempestade e Capitã Marvel também receberam suas próprias revistas.

Compete contra a editora o histórico ruim da Marvel em relação à representação feminina, marcada pela exploração do corpo como maior mote para as vendas. Isso vem mudando bastante, mas o número de autoras nos quadrinhos norte-americano ainda é bem pequeno (cerca de 30%, segundo Alonso). “A Marvel está longe de ser perfeita, mas estamos mudando.”

Spider Woman #1 tem roteiro de Dennis Hopeless e desenhos de Greg Land e chega aos EUA em novembro.

SPIDERWOMAN001Manara-06299-600x853

Caixa de 75 anos da Marvel Comics é o maior artigo de luxo das HQs este ano

caixa-marvel-5

A Marvel divulgou detalhes da caixa comemorativa dos 75 anos da editora. Olhem o nível do luxo: 10 volumes em capa dura, um livro-pôster ilustrado por Alex Ross e assinado por Stan Lee e um layout que faz referência à mansão dos Vingadores.

A caixa Marvel Famous Firsts: 75th Anniversary Masterworks chega às comic-shops norte-americanas nesta semana e pode ser importada pela Amazon e outros e-commerces, além de grandes livrarias aqui no Brasil. O preço, segura aí: 500 dólares (cerca de R$ 1.200).

caixa-marvel-1

caixa-marvel-4

caixa-marvel-2

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2016