Revista O Grito!

Festival Guia dos Quadrinhos divulga programação completa

FGDQ_cartaz01_grande

O festival Guia dos Quadrinhos anunciou sua programação para a edição deste ano. Vai acontecer nos dias 11 e 12 de outubro, em São Paulo. O foco vai ser o comércio de HQs, com o estímulo à troca e venda de revistas raras, novas e usadas, além de colecionáveis, bonecos e outros itens.

Como neste ano o evento coincide com o final de semana do Dia das Crianças, haverá também distribuição gratuita de gibis para crianças. Menores de 10 anos não pagam entrada.

“O Festival Guia dos Quadrinhos (novo nome do Mercado de Pulgas) é o único evento do gênero no qual é possível encontrar gibis, mangás e colecionáveis raros ou esgotados, já que os itens em exposição saem dos acervos de colecionadores, lojas especializadas em usados e editoras”, explica a organização.

A programação do evento inclui ainda concurso de cosplay, exposições sobre o super-herói Demolidor e de desenhos originais do quadrinista brasileiro Flávio Luiz (Aú, o Capoeirista; O Cabra), bate-papos sobre diversos gêneros de quadrinhos, com participação de editores, artistas, autores e jornalistas.

Veja a programação abaixo:

Dia 11
12h: A Evolução do Mercado Brasileiro de Mangás, com Marcelo del Greco (Sampa) e Cassius Medauar (JBC). Mediação: Maurício Muniz
13h30: Pato Donald 80 anos, com Paulo Maffia (Editora Abril). Lançamento Oficial das Comemorações de Aniversário do personagem pela Editora Abril. Sorteio de prêmios após a palestra. Participação: Marcelo Alencar
14h30: Marvel vs DC: Porque os heróis são reinventados de tempos em tempos, com Rogério Saladino, Bernando Santana, Alexandre Callari (Panini), e Thiago Cardim (Judão). Mediação: Maurício Muniz
16h – Concurso de Cosplay
17h30: HQs Independentes: Os profissionais do mercado ensinam o caminho, com Flávio Luiz (Aú), Germana Viana (Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço), Will (20.000 Léguas Submarinas) e Daniel Esteves (KM Blues). Mediação: Jota Silvestre (Revistas Mundo dos Super-Heróis e Mundo Nerd)
19h: Quiz Nerd: perguntas sobre quadrinhos e nerdices, com prêmios para os acertadores.

Dia 12
12h: Turma da Mônica: como é trabalhar com os personagens infantis mais conhecidos do Brasil, com Flávio Teixeira (Mauricio de Sousa Produções). Apresentação: Edson Rossato
13h: Sessão de Autógrafos com Flávio Teixeira
13h30: Concurso de Cosplay
15h: A produção Disney no Brasil: revista Zé Carioca, com os desenhistas Fernando Ventura e Tomaz Edson, e os roteiristas Denise Ortega e Kaled Kalil. Sorteio de prêmios após o bate-papo. Mediação: Edson Rossato
16h15: Sessão de Autógrafos e Desenhos com Fernando Ventura
16h30: O futuro dos quadrinhos de Super-Heróis no Brasil e no Mundo, com Levi Trindade (Panini), Leonardo Vicente (HQM), Thiago Borbolla e Renan Martins (Judão). Mediação: Maurício Muniz
19h: Quiz Nerd: perguntas sobre quadrinhos e nerdices, com prêmios para os acertadores.

Serviço:
Festival Guia dos Quadrinhos 2014
Data: 11 e 12 de outubro
Horário: das 10h às 20h
Local: Associação Beneficente Osaka Naniwa Kai (Rua Domingos de Moraes, 1581 – a 50 metros do metrô Vila Mariana)
Ingresso: R$ 10,00 para um dia ou R$ 15,00 para dois dias (meia-entrada). Crianças menores de 10 anos não pagam

Curta: Comic Book Heaven traz senhor de 80 anos e o fim de sua loja de HQs

Vale muito a pena gastar cerca de 15 minutos para ver esse mini-documentário, Comic Book Heaven, de EJ McLeavy-Fisher. O diretor fez um perfil de Joe Leisner, dono da loja de quadrinhos que dá nome ao filme, um senhor de 80 anos que vive os últimos momentos de seu negócio.

É uma visão interessante sobre o momento atual do mercado de quadrinhos e também um olhar afetuoso sobre um dos espaços mais importantes para quem é fã de HQs. A Comic Book Heaven fica no Queens, em Nova York e passou por momentos complicados depois de viver um período de auge e fazer parte da lembrança de muita gente.

Um spoiler que não prejudica a experiência do filme: a loja fechou após 26 anos e Leisner, enfim, anunciou a aposentadoria. Aqui no Brasil, qual loja mereceria um perfil?

comic book heaven

Marvel cancela duas capas de Milo Manara após polêmica da Mulher-Aranha

SpiderWoman1MiloManaraCrop2-640x396

A Marvel Comics decidiu cancelar duas capas alternativas que seriam ilustradas por Milo Manara. A notícia chega após as polêmicas envolvendo uma ilustração do artista para a HQ da Mulher-Aranha.

A imagem de Spider Woman #1 mostra a heroína em uma pose sexy, típica dos trabalhos do artista. Feministas e uma parcela dos leitores reclamaram da capa, tida como exagerada e apelativa.

As novas capas que Manara iria desenhar para a Marvel seriam Avengers & X-Men – Axis #1 e Thor #2. Para a primeira, o artista substituto será Siya Oum.

SPIDERWOMAN001Manara-06299-600x853

Bienal do Livro de Minas terá área especial para HQs

bienal

A Bienal do Livro Minas terá atrações dedicadas às HQs, a Bienal em Quadrinhos. Esta é a segunda edição do evento, que fez sucesso em 2012. São 80m² por onde circularão quadrinistas, ilustradores e contará com bate-papos sobre o processo criativo, carreira e outros temas relacionados.

No espaço, serão realizados, ainda, lançamentos, improvisações e sessões de autógrafos. A curadoria é de Afonso Andrade, quadrinista mineiro responsável pela realização do Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), em parceria com Eduardo Damasceno, co-curador da exposição “Entre ideias e rascunhos”, realizada no Sesc Palladium, e autor convidado do projeto Graphic MSP, da Maurício de Sousa Produções.

A 4ª Bienal do Livro de Minas Gerais 2014 acontece de 14 a 23 de Novembro de 2014, no Expominas.

Ocupação Laerte em São Paulo reúne obra e militância da cartunista

laerte_

A quadrinista Laerte ganha uma das maiores exposições de sua carreira a partir deste sábado (20), em São Paulo.

De 20 de setembro a 2 de novembro, o Itaú Cultural apresenta a Ocupação Laerte, abordando toda a produção artística da autora, mas também suas militâncias políticas e sociais. Com curadoria de seu filho, o artista visual, roteirista e quadrinista Rafael Coutinho, a exposição conta com a cenografia de Fred Teixeira.

A última grande exposição de Laerte foi no último Festival Internacional de Quadrinhos, o FIQ, em Belo Horizonte, em novembro do ano passado.

Esta nova mostra apresenta cartuns, desenhos, quadrinhos, ilustrações, curtas-metragens. Ela ocupa 120 m² do espaço expositivo, onde o visitante encontra cerca de 2 mil obras, entre elas uma autocaricatura da quadrinista dançando com o Minotauro, feita especialmente para a exposição. Do total de obras, cerca de 300 são originais, 400 imagens digitais em tablets e aproximadamente 1500 impressas –, selecionadas entre milhares, com destaque para um painel ao fundo da exposição com exatas 900 tiras.

LAERTE130206

Idealizada como um labirinto, em que o visitante decide por qual das cinco entradas e saídas começa e termina o percurso, a Ocupação Laerte traz desde desenhos que ele fez quando tinha 8 anos, em registros remotos de 1958-1959 até hoje. “O eixo dos anos 80 se destaca porque é onde está a maior quantidade de suas obras”, disse Rafael.

Outra trajetória importante do labirinto, ainda de acordo com o curador, será a dos tempos do sindicato. “São as tirinhas que ficaram presas na memória de um período político importante – o da ditadura militar – e permaneceram nos arquivos da OBORÉ por muito tempo”, diz. A seleção das obras deu espaço ainda a tiras publicadas nos principais jornais do país, na militância na revista Balão, nas revistas de banca da editora Circo, na Placar.

013.Oc Laerte_Hugo-Muriel 2_Foto Arquivo pessoal

Transgênero e contra-cultura

Além do hotsite que naturalmente acompanha a Ocupação física, o Itaú Cultural publica uma revista virtual que revela muito do labirinto criado por Laerte, com tiras, desenhos, um ensaio fotográfico, além de textos que analisam tanto a pessoa quanto o seu trabalho. A psicanalista Letícia Lanz, também mestre em sociologia e economista, assina textos onde se debruça na questão da transgeneridade a partir da artista. “Apesar das impropriedades e desacertos em torno dessa identidade de gênero, Laerte é hoje reconhecida como um dos principais ícones do mundo transgênero no Brasil”, escreve ela.

A Ocupação Laerte é a vigésima da série de ocupações promovida pelo instituto desde 2009. Nomes como Angeli, Paulo Leminski, Haroldo de Campos, Zé Celso Martinez e outros já ganharam mostras.

Visitação é de de 21 de setembro a 2 de novembro de 2014, de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h. Entrada franca. O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista, 149, em São Paulo.

posando-nu-13_07_99

LAERTE121122

fteen-1102-14-copy