Revista O Grito!

Marvel tenta popularizar Justiceiro com novo encadernado

capa-Justiceiro-4

Justiceiro, o mais violento dos personagens da Marvel, já foi mais popular no Brasil – sobretudo na fase Superaventuras Marvel e mais recentemente na passagem de Garth Ennis pelo título. Agora, a Panini tem uma estratégia interessante para alavancar o anti-herói com essas edições capa dura a preços baixos. É algo parecido com o que a editora vem fazendo com Demolidor.

Justiceiro 4 tem 156 páginas, capa cartão, miolo LWC e custa R$ 21,90. O mais novo volume estrelado pelo herói mais cafuçu da Marvel reúne duas minisséries lançadas nos Estados Unidos originalmente sob os títulos Punisher War Zone 1-5 e The Trial of the Punisher 1-2.

Na primeira, escrita por Greg Rucka (Superman, Gotham City Contra o Crime) e desenhada por Carmine Di Giandomenico (Homem-Aranha Noir) o Homem-Aranha descobre que Castle usou seus lançadores de teia para realizar uma ação que resultou na morte de dezenas de pessoas, o que coloca o herói aracnídeo diretamente em seu encalço.

Completando o encadernado, a história “O Julgamento do Justiceiro” leva Castle para dentro de um tribunal após ele confessar ter assassinado um promotor de justiça. A trama é de Marc Guggenheim (Homem de Ferro, Homem-Aranha) e ilustrações fenomenais de Leinil Francis Yu (Os Novos Vingadores, Superior) e Mico Suayan (Thor). Justiceiro 4 tem previsão de chegada às bancas ainda este mês.

HQ de Assassin’s Creed, feita por vencedores do Eisner, merece uma chance

assassins

Assassin’s Creed: A Corrente é mais uma HQ do poderoso filão das adaptações de games para os quadrinhos. A revista é um lançamento da editora Alto Astral, tem 96 páginas e custa R$ 22,90.

Na trama o assassino Nikolai Orelov foge da Rússia para começar uma nova vida, deixando a irmandade para trás. Mas abandonar o passado não é algo tão fácil assim. Antigos conhecidos reaparecerão para se certificar se ele continua leal ou não. Por outro lado, aliados se tornaram amigos, à medida em que Orelov foi obrigado a lutar pela liberdade e transferir o seu legado assassino para o próprio filho.

Assassin’s Creed é um dos jogos mais famosos dos últimos anos e vem recebendo elogios na sua transposição para os quadrinhos. Este A Corrente foi feito por um time vencedor do Prêmio Eisner: Cameron Stewart (Batman & Robin, Mulher Gato) e Karl Kerschl (Flash, Superman). Vale a pena dar uma chance.

Lady’s Comics vai realizar o primeiro evento sobre mulheres e quadrinhos no Brasil

ladys

Uma ótima notícia. O blog Lady’s Comics, que trata da representação feminina nas HQs, anunciou que obteve sucesso em seu financiamento coletivo para seu primeiro evento, que vai acontecer em outubro, em Belo Horizonte.

O 1º Encontro Lady’s Comics será o primeiro evento sobre mulheres e quadrinhos no Brasil e vai reunir autoras e autores, além de oficinas. Lu Cafaggi, que criou a HQ Turma da Mônica – Laços ao lado do irmão Vitor Cafaggi, é uma das confirmadas.

Mais informações no blog do Lady’s Comics.

oficial

O filme em stop-motio do clássico Usagi Yojimbo

usagi-yojimbo-the-last-request

Foi divulgado um curta em stop-motion de Usagi Yojimbo, clássico de Stan Sakai, dirigido por Roel Robles.

Segundo o Robot6, o filme The Last Request está “90% pronto” e deve ganhar uma versão em DVD, com making-of e detalhes da produção, além de entrevistas. Para quem quiser conhecer o personagem, a Devir lançou diversos volumes alguns anos atrás. Vale a pena.

Veja:

Pegando carona no filme, Guardiões da Galáxia tem nova HQ lançada no Brasil

guards

A Panini parece ter perdido o timing, mas enfim a editora anuncia uma nova HQ de Guardiões da Galáxia, que chega às bancas este mês de agosto.

Guardiões da Galáxia – Edição Especial tem 148 páginas e traz as edições 1 a 6 da revista Guardians of the Galaxy. Pela capa dá para perceber que a intenção é aproveitar o sucesso do filme que chegou aos cinemas no final do mês passado, estrelado por Chris Pratt.

Diz a sinopse: “A trama mostra a equipe enfrentando um perigo de proporções colossais: após a violenta investida do ser cósmico chamado Aniquilador e de uma tentativa de conquista pelos organismos coletivos da Falange, o nosso universo se encontra bastante fragilizado. Impérios caíram, raças chegaram à beira da extinção e a destruição total parece iminente. É nesse cenário dantesco que Peter Quill, mais conhecido como Senhor das Estrelas, decide que é necessário formar um grupo para proteger toda a existência. Sendo assim, ele reúne alguns dos mais poderosos seres que o universo já viu. Adam Warlock; Drax, o Destruidor; Gamora; a nova Quasar, Phyla-Vell; Mantis; Groot; e, claro, Rocky Racum.” Trata-se de um novo começo imaginado para o grupo, lançado originalmente em 2008.

A HQ tem roteiros de Dan Abnett e Andy Lanning e desenhos de Paul Pelletier. Vale lembrar que ainda há muito material do grupo a ser lançado no Brasil. É que antes de Guardiões da Galáxia, os personagens “espaciais” da Marvel Comics nunca fizeram muito sucesso no Brasil. Pelo tanto de boas histórias ainda inéditas, espero que o longa dos Guardiões mude isso por aqui.

Guardiões da Galáxia – Edição Especial tem 148 páginas e custa R$ 19,90.