forrest_aleph

Forrest Gump, a encantadora obra de Winston Groom sobre a trajetória do jovem que só queria fazer as coisas certas, foi lançada originalmente há 30 anos, em 1986.

Em comemoração à data, a Aleph lança uma edição luxuosa que chega às livrarias a partir da segunda quinzena deste mês.

Forrest Gump (392 páginas, R$ 79,90, tradução de Aline Storto Pereira) tem acabamento em capa dura, 13 ilustrações do quadrinhista Rafael Coutinho e um ensaio comparando o livro à sua adaptação cinematográfica, escrito pela francesa Isabelle Roblin – professora da Université du Littoral-Côte d’Opale.

A capa é dupla-face: uma sobrecapa de papel com impressão em ambos os lados permite ao leitor escolher o seu design favorito do artista Pedro Inoue (veja acima), o mesmo de 2001: Uma Odisseia no Espaço e a da edição comemorativa de 50 anos de Laranja Mecânica.

Com direção de Robert Zemeckis e estrelado por Tom Hanks, Forrest Gump, o filme, conquistou seis Oscars, incluindo o de Melhor Filme. No livro, o protagonista é ainda mais inusitado e peculiar que no cinema. Aliás, toda a narrativa é mais polêmica e densa no original do que na adaptação.

Para quem conhece Forrest Gump só do cinema, vale a pena conferir essa edição comemorativa.

Comentários