Revista O Grito!

Exclusivo: “Lizzie Bordello”, de Germana Viana, ganha versão impressa

lizzie

Durante a mesa sobre quadrinhos independentes do Festival Guia dos Quadrinhos, evento realizado em outubro, em São Paulo, a ilustradora, designer e programadora visual Germana Viana revelou que sua HQ virtual Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço viraria livro ainda neste ano.

Papo de Quadrinho teve acesso com exclusividade aos detalhes do lançamento. A editora que abraçou o projeto é a Jambô, que vem dando especial atenção à produção nacional de quadrinhos – como, por exemplo, o relançamento de Holly Avengers, clássico de Marcelo Cassaro e Erica Awano.

Lizzie Bordello começou a ser publicada no final de 2013 na internet, com páginas semanais que formam arcos de histórias. Três deles estão na versão impressa: Gentch! Raptaram Capeta, Noite Feliz Paporrah e Sr. Fulano. A quarta história, Pombas, foi publicada recentemente na coletânea As Periquitas, em preto e branco, pela editora Kalaco.

A HQ da Jambô será toda colorida, terá 80 páginas, formato 20,5 x 27,5 cm e preço de R$ 29,90. O lançamento oficial acontece no início de dezembro (4 a 7), na Comic Con Experience.

Germana tem outro projeto em desenvolvimento na internet: Oceano de Brumas, em parceria com o escritor Luís Kosmiskas.

Fotógrafo transporta super-heróis para o século 16

 1

Versões alternativas de super-heróis são sempre divertidas (pelo menos, eu acho!). Mais que isso, mostram como a cultura geek se espraia pelas mais diferentes manifestações artísticas.

O fotógrafo francês Sacha Goldberger expôs neste final de semana no Grand Palais de Paris sua Super Flemish, um ensaio fotográfico que transporta famosos super-heróis, e também vilões e personagens de Star Wars, para o século 16.

Não são desenhos, mas fotos de verdade, com modelos, fantasias e maquiagem. O resultado está na galeria abaixo (clique para ampliar).

A galeria completa você encontra aqui.

Quinta edição do “Almanaque Meteoro” já está à venda

AM5-CapaRelease

Esta edição reúne três histórias inéditas, duas delas estreladas pelo super-herói brasileiro Meteoro e escritas por seu criador, Roberto Guedes, também editor, tradutor, pesquisador de quadrinhos e colaborador da revista Mundo dos Super-Heróis.

Veja um preview aqui.

A primeira é Sob Todos os Olhares, em que o protagonista enfrenta o Rapinador, encarnação de um espírito da floresta amazônica. O vilão invade o templo da Sinarquia Universal em busca de um artefato místico de poder incalculável, mas um crime durante a ação faz com que todos sejam suspeitos. Ao mesmo tempo, o jovem Roger Mandari, alterego de Meteoro, enfrenta os problemas típicos da idade e precisa encarar a festa de aniversário de Laura Lopez, a estonteante loura do Colégio Central. A arte é do veterano A-Lima.

Meu Exemplo, Tua Escolha foi inspirada pelas recentes manifestações que sacudiram o país. Durante um conflito social, Meteoro precisa agir rapidamente e encarar as consequências perturbadoras de seus atos. Os desenhos são do jovem talento Daniel Alves.

Fecha esta edição Presságio da Morte, história inédita do caubói Chet escrita por seu criador, Wilde Portella, com arte de Décio Ramirez. Almanaque Meteoro 5 traz também pinups, sketches dos personagens e as seções Boletim Manifesto e Meteoro Responde.

A revista tem 36 páginas, tiragem limitada, capa colorida, miolo em preto e branco, formato 15 x 21 cm e preço de R$ 15. Os pedidos devem ser feitos diretamente para o autor pelo e-mail guedesbook@gmail.com ou pelo site www.guedes-manifesto.blogspot.com.

A arte da capa é de Aluísio de Souza, com colorização de José Borba.

“Coelho Nero” ganha segunda edição impressa

Capa Nero simpático

Meio rabugento e muito crítico, o personagem criado em 2009 pelo quadrinhista Omar Viñole exclusivamente para um blog teve a primeira edição em papel no ano passado, com lançamento no FIQ.

Com a aproximação de outro grande evento de quadrinhos, a Brasil Comic Com (14 e 15 de novembro), o coelho mal humorado não quis ficar de fora, e chega em nova edição: Simpático só que não.

A coletânea reúne 48 tiras, entre material publicado no blog e inédito. O lançamento acontece pelo selo independente Quadro Imaginário, de Omar, Laudo Ferreira Jr. e Flávio Soares.

Simpático só que não tem 16 páginas coloridas, formato 14,8 x 21 cm e preço de R$ 5. O prefácio é do jornalista Paulo Ramos.

Apoie esse projeto: “Almanaque Zona Zen”, de Nestablo Ramos

zonazen

Nas palavras do autor, Zona Zen é “quase um manual de sobrevivência para a complexidade de viver nos dias atuais”. As histórias, publicadas entre 2005 e 2010 numa revista cultural distribuída no Distrito Federal, tratam de pessoas e situações comuns do dia a dia.

Nestablo Ramos é um prolífico quadrinhista e defensor da causa animal. Entre muitos trabalhos, é criador da trilogia em quadrinhos Zoo, cuja última parte está em fase final de produção.

Diferentemente da maioria dos projetos de quadrinhos que buscam financiamento coletivo, Nestablo seguiu os passos do colega Flavio Luiz e optou pela plataforma Kickante, em vez do Catarse.

Almanaque Zona Zen terá 120 páginas coloridas, com histórias curtas e lombada quadrada.

FICHA:

Link do projeto: http://www.kickante.com.br/campanhas/almanaque-zona-zen

Data limite: 20 de dezembro

Meta: R$ 20 mil

Atingido até o momento: R$ 1.882 (9%)

Colaboração mínima: R$ 12

Colaboração máxima sugerida: R$ 250

Recompensas: de versão em PDF do livro até 10 exemplares impressos e arte original em papel A4.

Previsão de entrega: Dezembro de 2014

Apoie esse projeto: “Nada com Coisa Alguma”, de José Aguiar (últimos dias)

nadacomcoisaalguma

Artista, quadrinhista, autor de obras premiadas, cocriador da Gibicon e um dos criadores do evento de leitura dramática de quadrinhos, o Cena HQ – premiado neste ano com o troféu HQMix, José Aguiar publica atualmente as tiras Folheteen e Nada com Coisa Alguma.

É esta última que pretende virar coletânea em livro e, para isso, busca financiamento coletivo no Catarse. As tiras não têm tema ou formato fixos, e oferecem a visão crítica e bem humorada do autor sobre passagens do cotidiano.

O projeto terá 132 páginas e vai reunir o melhor do que já foi publicado até agora em jornais, em formato diferenciado.

FICHA:

Link do projeto: http://www.catarse.me/pt/nadacomcoisaalguma

Data limite: 12 de novembro

Meta: R$ 25.252

Atingido até o momento: R$ 17.345 (69%)

Colaboração mínima: R$ 35

Colaboração máxima sugerida: R$ 5.000

Recompensas: de versão impressa autografada até logo da empresa apoiadora na quarta capa e cota de 150 exemplares

Previsão de entrega: Janeiro de 2015

Marvel quer a cabeça do responsável pelo vazamento do trailer de Vingadores 2

avengersultron

Mesmo como o megassucesso de Capitão América 2 e Guardiões da Galáxia, não há dúvida de que o grande filme da Fase 2 da Marvel é Vingadores: A Era de Ultron, que estreia no dia 30 de abril no Brasil.

Portanto, é evidente que o estúdio planejava fazer estardalhaço com a divulgação do primeiro trailer, e reservou o intervalo do episódio de Agentes of S.H.I.E.L.D.  do dia 28 de outubro para tanto.

Acontece que o trailer foi vazado na Internet no dia 22 por um tal de “John Gazelle”. A Marvel reagiu como pôde: horas depois, postou a versão oficial, em alta resolução, no seu canal do Youtube, e recebeu mais de 34 milhões de visualizações em 24 horas.

Agora, o estúdio quer a cabeça do engraçadinho. Nesta semana, a Marvel acionou a justiça da Califórnia para intimar o Google a fornecer informações sobre “Gazelle”, incluindo o endereço IP e o dispositivo utilizado para jogar o trailer na rede. O Google tem que obedecer a ordem judicial até o dia 18.

Muito embora a Marvel se beneficie da propaganda gratuita – o número de visualizações no Youtube é muitíssimo mais alta do que a audiência de Agents of S.H.I.E.L.D. – ela tem o direito de defender sua propriedade e a milionária estratégia de marketing.

A empresa quer fazer de “Gazelle” um exemplo, e mandar um recado para funcionários e parceiros que têm acesso privilegiado a seu material de divulgação. Vamos ver se o hacker foi bom o bastante para proteger sua verdadeira identidade.

 

“A Bandeira do Elefante e da Arara: O Encontro Fortuito” tem lançamento na próxima semana

CAPA FECHADA

A graphic novel de Christopher Kastensmidt (roteiro) e Carolina Mylius (arte) adapta o premiado livro O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara, do mesmo autor.

Kastensmidt é americano radicado no Brasil, e há mais de 10 anos vem propagando internacionalmente a cultura, a história e o folclore brasileiros.

A Bandeira do Elefante e da Arara narra a história de amizade do aventureiro holandês Oost e o guerreiro ioruba Oludara, tendo como cenário o Brasil Colônia e suas florestas infestadas de seres fantásticos: sacis, mulas sem cabeça, boitatás.

A HQ está sendo lançada pela Devir, com patrocínio público por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. Tem 112 páginas coloridas, capa cartonada, formato 16x 23 cm e preço de R$ 15.

O lançamento oficial, com presença dos autores, acontece no dia 13, a partir das 19h, na Geek (Al. Santos, 2152 — Conjunto Nacional — Loja 122 – São Paulo).

Veja as primeiras imagens de “Astronauta – Singularidade”, novo título da série Graphic MSP

10669268_716749111726945_7570000213822572670_o

Na tarde desta quarta-feira (5), o jornalista e editor da Mauricio de Sousa Produções, Sidney Gusman, divulgou as primeiras imagens de Astronauta – Singularidade, de Danilo Beyruth (roteiro e arte) e Cris Peter (cores) (veja galeria abaixo).

A graphic novel dá continuidade ao primeiro título da série Graphic MSP, Astronauta – Magnetar, da mesma dupla criativa, lançado em outubro de 2012.

Nesta nova aventura, o Astronauta investiga um buraco negro. O texto de apresentação é do quadrinhista argentino Eduardo Risso.

Astronauta – Singularidade será lançado em dezembro pela Panini, em duas versões: em bancas, com capa cartonada, (R$ 19,90) e em livrarias, com capa dura (R$ 29,90).

Conheça os projetos selecionados no ProAC Quadrinhos 2014

proac

O Diário Oficial de São Paulo publicou na edição de hoje, 30 de outubro, a lista dos 20 projetos selecionados no ProAC Quadrinhos 2014.

Cada um deles receberá R$ 40 mil e terá prazo de 10 meses, a partir do pagamento da primeira parcela (70%) — podendo ser prorrogado por mais 60 dias — para execução do projeto.

Papo de Quadrinho parabeniza os vencedores desta edição:

Mute, de Marcos Leandro de Oliveira

Bichos, Homens & Deuses, de Sergio Ribeiro Lemos

Como um cavalo salvou a vida de um preso político, de Evaldo Novelini

Arlequins, Pierrôs e Colombinas, de Marcelo Scaff Marques

Nessa Arca Tem Bicho, de Fabio Roberto Vitor

Uma Noite em L’enfer, de Davi Calil

Gargantua, de Daniel Rosini Dimas Machado

Quina, de Julia Nascimento Bacellar

Ye, de Guilherme de Sousa Petreca

Mulheromem, de Hector Lima

Quadrinhos A2, de Paulo Rodrigo Vieira Funfas

A Salamanca do Jarau, de Henrique Antonio Kipper

Carolina, de João Carlos Pires Pinheiro

Por mais um dia com Zapata, de Daniel Esteves

Paraíba, de Olavo Costa Frade de Paula

Pogando, de Priscilla Judith Camacho

Daruma, de Walmir Americo Orlandeli

A Sereia de Mongaguá, de Thiago Moraes Martins

Hitomi, de Ricardo Hirsch

Nosferatinho, de Wander Antunes de Souza

O edital deste ano representa o maior investimento do ProAC Quadrinhos até hoje, R$ 800 mil. No total, o programa de fomento já investiu mais de R$ 2 milhões.